Politics

Projecto para consciencializar jovens para alterações climáticas foi lançado ontem — DNOTICIAS.PT

Consciencializar os jovens dos impactos das alterações climáticas, e motivá-los para que ajam e se tornem ativistas no processo de mudança que o mundo atravessa, é o objetivo de um projeto ontem iniciado pela associação ambientalista Zero.

Projeto de comunicação, educação e mobilização das pessoas para o combate às alterações climáticas, nomeadamente dos jovens, a iniciativa, “Ativa ClimACT”, decorre de hoje até 2024 e pretende também “iniciar uma reflexão com jovens para uma maior ligação destes com a natureza e para entenderem melhor as causas e consequências das alterações climáticas”.

Em comunicado a Zero avisa que as alterações climáticas terão consequências “profundas e multifacetadas para as sociedades”, assim como para os sistemas biofísicos, e que “irão agravar-se nas próximas décadas”.

O projeto, explica a Zero no comunicado, desenvolveu um website (ativaclima.pt) sobre as alterações climáticas, com informação mas também para “conduzir os jovens no combate às alterações climáticas”, contendo um guia para o ativismo, com informações sobre como ser ativista, organização de atividades e ações individuais e coletivas.

O “Ativa ClimACT” inclui atividades em todo o país, envolvendo escolas e comunidades, e, salienta a Zero, pretende chegar a todo o território nacional e construir parcerias com organizações locais.

O “Ativa ClimACT” é um projeto europeu da qual a Zero faz parte, com 20 organizações de vários países da União Europeia. É financiado pela Comissão Europeia.

No comunicado a Zero refere que a preocupação com as alterações climáticas “é elevada em Portugal”, onde seis em cada 10 jovens (63%) estão muito ou extremamente preocupados com as alterações climáticas. A média europeia é de 46%.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.