Business

A regulação do setor – Meios & Publicidade


Tem lugar durante o corrente mês de maio, sob a égide da Associação Portuguesa da Imprensa, o ciclo de conferências “Repensar a Imprensa 2.2: uma reflexão indispensável”. E a iniciativa da API não podia ser mais oportuna, pois são absolutamente críticos e decisivos os desafios que se colocam à imprensa.

Pedra angular de uma sociedade verdadeiramente livre, com um papel insubstituível na formação democrática e pluralista da opinião pública, a imprensa confronta-se hoje com graves ameaças à sua subsistência como sejam, por exemplo, a desconsideração generalizada pelo valor dos seus conteúdos, a sua utilização e reprodução abusivas, a deliberada e mal intencionada manipulação de factos para subsequente circulação noticiosa massiva (fake news), e enfim, a concorrência das redes sociais onde cada vez mais os utilizadores se habituam a consumir informação (o mais das vezes sem qualquer cuidado quanto à sua origem).

A pandemia e o conflito que recentemente eclodiu na Ucrânia mais não fizeram do que acentuar (que é como quem diz, agravar) todos estes aspetos. Neste contexto, cabe-nos pensar (ou repensar, seguindo o mote das conferências) a regulação do setor.

Uma regulação que se quer aliada da imprensa e não mais um escolho à importante missão de informar.

Uma regulação que, em lugar de entrave, peso burocrático ou custo, possa funcionar como uma espécie de selo de qualidade da verdadeira imprensa, que norteia a sua atividade pelo cumprimento das regras deontológicas e pela preocupação de informar. Que possa de algum modo ajudar a “separar o trigo do joio”.

A sociedade aberta em que todos queremos viver não é concebível sem um setor da imprensa robusto, ativo e vigilante pelo que urge assegurar as condições que o permitam.

Artigo de opinião assinado por Anselmo Costa Freitas, advogado e um dos oradores no ciclo de conferências “Repensar a Imprensa 2.2: uma reflexão indispensável”, promovido pela Associação Portuguesa de Imprensa





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.