News

Saúde com mais 700 milhões de euros vai continuar a ter défice


Saúde com mais 700 milhões de euros vai continuar a ter défice






Ministra da Saúde apresenta esta terça-feira o Orçamento para 2022 no Parlamento. Apesar do aumento das verbas, défice deverá continuar na casa dos mil milhões de euros.




Mesmo com o maior Orçamento de sempre, a previsão de um aumento da despesa em 2022 no Serviço Nacional de Saúde – que tem estado a concretizar-se – deverá resultar em mais um ano com um saldo negativo superior a mil milhões de euros na Saúde, em linha com o défice recorde do ano passado. A previsão é do Ministério da Saúde, no documento preparativo da audição desta terça-feira no Parlamento, em que prevê um saldo negativo em 1121 milhões de euros. 


“Comparando os dados provisórios de 2021 com o OE 2022 observa-se um crescimento da despesa de 935 milhões de euros (+7,5%). Esta variação é explicada, em primeiro lugar, pelas despesas de capital que se prevê que ocorram durante o ano de 2022, já anteriormente referidas”, indica o documento. “Ao nível das despesas correntes, observa-se um crescimento dos gastos com pessoal (+144 milhões de euros), das aquisições de bens (+174 milhões de euros) e dos fornecimentos e serviços externos (+ 212 milhões de euros).”


Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

























Os comentários estão desactivados.

Supply hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.