Business

Endesa reduz lucro em 31% para os 338 milhões no primeiro trimestre – Empresas



O grupo espanhol Endesa registou lucros de 338 milhões de euros no primeiro trimestre, menos 31,2% do que no mesmo período de 2021, mas afirma que excluídos os impactos extraordinários em 2021 teria tido um crescimento de 14%.

A empresa que opera na distribuição de gás pure e na geração e distribuição de energia elétrica explica em comunicado publicado na Comissão Nacional do Mercado de Valores Mobiliários espanhola (CNMV) que em 2021 recebeu um montante extraordinário de 194 milhões de euros numa decisão judicial que reconheceu que deveria ser compensado pela sua remuneração como gerador de direitos de emissão de CO2.

A Endesa assegura que, apesar da deterioração do cenário macroeconómico e dos elevados preços das matérias-primas, especialmente do gás entre janeiro e março, manteve as suas previsões para 2022 como um todo, que são de um resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (ebitda) de 4.100 milhões de euros e um lucro líquido de 1.800 milhões de euros.

O ebitda nos três primeiros meses do ano foi de 914 milhões de euros, 10,4% menos do que um ano antes, apesar de sem ter em conta a referida decisão do tribunal teria crescido 9,9%.

As receitas da Endesa totalizaram 7.596 milhões de euros, mais 59,1% do que no primeiro trimestre de 2021.

Por outro lado, as receitas das vendas de eletricidade no mercado não regulado foram de 3.417 milhões de euros, um aumento de 58,7% (um aumento de 62,2% em Espanha e de 36,1% em Portugal).

As receitas das vendas de eletricidade no mercado regulado aumentaram 77% no primeiro trimestre, para 961 milhões de euros, como resultado do aumento do preço da eletricidade no mercado grossista, apesar de uma diminuição de 13,1% no número de clientes no mercado regulado e de uma diminuição de 14,2% nas unidades físicas (gigawatt horas) vendidas.

As receitas das vendas para o mercado grossista no primeiro trimestre de 2022 duplicaram (145,6%) para 857 milhões de euros, devido a um aumento de 11% das unidades vendidas (gigawatt horas) e à evolução dos preços da eletricidade durante o período, que atingiu máximos recordes com a invasão russa da Ucrânia.





Supply hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.