News

Furto de tubo de gás é a causa da explosão num prédio da Amadora

A explosão num prédio na Amadora que ontem, quarta-feira, causou 16 feridos terá sido provocada pelo furto de cobre no contador de uma das frações do edifício, adianta a CNN Portugal que acrescenta que as autoridades ainda não identificaram o assaltante.


Segundo aquele órgão de comunicação, as perícias feitas pela Polícia Judiciária concluiram que nas causas da explosão esteve mão criminosa, estando em causa o furto de cobre no contador do 5º andar do edifício.


O assaltante terá retirado o tubo onde circulava o gás, deixando-o ficar em escape livre, com a válvula aberta em direção aos pisos superiores durante cerca de uma hora. Já na presença dos bombeiros, deu-se então uma violenta explosão no 7º andar.


No edifício, praticamente nada terá ficado intacto, sendo que o autor do furto incorre não só no crime de furto de cobre mas também de incêndio ou explosão. Além disso, o autor pode ainda ser acusado de 15 crimes de ofensa à integridade física, caso as vítimas apresentem queixa, podendo arriscar até oito anos de prisão.


As diligências da PJ estão em curso, nomedamente através da recolha de testemunhos de moradores que possam ajudar na identificação do assaltante.


 


 






Supply hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.