Business

violência e masculinidade no centro do ringue – O Jornal Económico


“Daqui por uma hora este duelo de luta livre, tornar-se-á, tipo, uma cena real.” Quem o diz é Max, o miúdo que está no olho do furacão. O mesmo é dizer no centro do ringue, espaço metafórico do recreio da escola, onde tudo acontece. E “tudo” aqui significa porrada. Bullying. Socos. Stevie, o seu melhor amigo, também lá está. Esperam o ataque iminente de Danny, o durão. O medo é omnipresente e transforma o oprimido em opressor.

No texto authentic, os autores situam a ação na casa de banho da escola. Na encenação de Pedro Carraca esta foi transformada num ringue de wrestling, fruto da imaginação de Max, interpretado por Tiago Dinis, e do seu melhor amigo, Stevie Nimmo, a que o ator Marco Mendonça dá vida.

O tema “We Will Rock You”, dos Queen, abre as hostilidades e dá o tom. O duelo vai ter lugar dali a uma hora. Max provocou Danny, o rapaz mais temido da escola, que tem fama de ser duro e de beber cerveja para relaxar. Os dois conversam para preencher o tempo e ensurdecer o silêncio. Interpelam o público, que não pode ser mera assistência. Ao ver é conivente, participa. Isto é assunto sério, não é mera brincadeira. Ou não tratasse o texto de violência e masculinidade, do carácter tóxico das posturas machistas, armadilhas de séculos que se perpetuam.

Não havendo um “manual de instruções” para adolescentes-a-entrar-no-mundo-adulto ou a querer saber o que é isso de ser homem no século XXI – e aqui se abrem debates vários –, continua a ser importante debater a masculinidade saudável e combater o bullying. Que o teatro ajude ao debate é, obviamente, salutar.

Com  tradução de Eduardo Calheiros, cenografia e figurinos de Rita Lopes Alves – com a colaboração dos alunos do 12.ºI da Escola Artística António Arroio, na realização plástica do espetáculo –, luz de Pedro Domingos e som de André Pires.

Os Artistas Unidos apresentam “Taco a taco”, de Kieran Hurley e Gary McNair, no Teatro da Politécnica, em Lisboa, até dia 2 de abril, de terça a sábado, às 19h.





Supply hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.