Business

A sua semana dia a dia: Semana de bancos centrais e lucros em Lisboa – Investidor Privado







Segunda-feira Reino Unido revê cabaz da inflação

O Reino Unido atualiza esta segunda-feira o seu cabaz de compras para calcular o índice de preços no consumidor no país, num momento em que a taxa de inflação continua a escalar. No início do ano, a inflação no Reino Unido acelerou para 5,5%, o valor mais elevado em três décadas.








Terça-feira Como vai a indústria no euro e nos EUA?

São conhecidos vários indicadores relativos à atividade industrial na Zona Euro e nos Estados Unidos. O instituto Zew divulga ainda as expectativas para a economia no euro e na Alemanha, num momento em que os desenvolvimentos em torno do conflito armado na Ucrânia continuam a fazer mover os mercados.





Quarta-feira CTT e Greenvolt mostram as contas

Regressam os resultados à bolsa portuguesa. CTT e Greenvolt apresentam as suas contas anuais, relativas a 2021. A empresa de correios fechou os primeiros nove meses do ano com um resultado líquido de 26,3 milhões de euros. Já a Greenvolt ganhou 7,5 milhões até setembro. 





Quarta-feira Ministros da defesa da Nato fazem análise à guerra 

A situação na Ucrânia vai continuar em destaque, com os ministros da Defesa da NATO a voltarem a sentar-se à mesa para discutir, numa reunião extraordinária, o conflito na região. 





Quarta-feira Fed anuncia primeira subida de juros

Jerome Powell, o presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, deverá anunciar esta quarta-feira uma subida da taxa dos fundos federais de 25 pontos base, de acordo com as expectativas dos economistas consultados pela Bloomberg. A confirmar-se, este será o primeiro aumento desde dezembro de 2018.





Quinta-feira Banco de Inglaterra e inflação no euro

Um dia depois da Fed, é a vez do Banco de Inglaterra (BOE) apresentar as suas decisões monetárias. A expectativa é que o BOE anuncie mais um aumento de juros, com o mercado a antecipar uma subida de 100 pontos base até junho. Já o Banco do Japão deverá deixar os juros inalterados, na sexta-feira. Uma semana depois de indicar o início da redução de estímulos, a presidente do BCE, Christine Lagarde, discursa num evento, no dia em que saem novos dados da inflação na região.





Quinta-feira As contas da Sonae e da Altri  S&P avalia ranking da Bielorrússia

Sonae e Altri fecham a semana de apresentação de resultados na bolsa de Lisboa. Depois de serem conhecidos os números da retalhista da família Azevedo e da papeleira ficam apenas por divulgar os resultados da REN, Ibersol e Ramada, no PSI-20.

Sexta-feira  S&P avalia ranking da Bielorrússia




Há várias ações de “rating” agendadas para o closing da semana, incluindo uma possível mexida na notação financeira da Bielorrússia, aliado da Rússia, que tem facilitado a invasão à Ucrânia. Depois da agência Fitch ter baixado a notação financeira do país de B para CCC, esta semana poderá ser a vez da S&P se pronunciar no mesmo sentido.





Supply hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.