Politics

Tomar investe em bolsas de estudo a pensar no futuro

Os alunos que frequentam o ensino superior e sejam naturais ou residam no concelho de Tomar há mais de cinco anos vão receber do município 61 bolsas de estudo. A proposta foi aprovada por unanimidade na última sessão camarária, que se realizou na segunda-feira, 21 de Janeiro.

No actual ano lectivo candidataram-se 79 alunos, dos quais 37 são novas candidaturas e 42 pedidos de renovação. Após análise técnica realizada pelos serviços municipais, foram excluídos todos os alunos que não cumpriam com as regras previstas no regulamento.

A autarquia vai investir no total mais de 36 mil euros nas bolsas de estudo, valor que vai ser distribuído pelos 10 meses previstos no regulamento.

ALUNOS DO IPT TAMBÉM RECEBEM BOLSAS

Numa cerimónia simbólica realizada no salão nobre do edifício dos Paços do Concelho, o município também entregou cinco bolsas “Rotary Club Tomar Cidade” a alunos do Instituto Politécnico de Tomar (IPT). Na sessão estiveram os representantes das várias entidades envolvidas no projecto, nomeadamente Anabela Freitas, presidente da autarquia, Paulo Diogo, presidente do Rotary Clube Tomar Cidade, José Mendes, da Fundação Rotária Portuguesa e João Coroado, presidente do IPT.

A presidente da câmara realçou a importância destas iniciativas para ajudar os jovens cujas famílias têm mais dificuldades financeiras. Anabela Freitas vincou que, ao atribuir as bolsas, o município também está a investir na comunidade de Tomar, uma vez que se pretende que no final do curso os estudantes permanecem no concelho e se associem a projectos que tragam mais valias.

João Coroado subscreveu as palavras da autarca, acrescentando que a atribuição de bolsas serve para motivar os jovens para continuarem a estudar, desenvolverem o seu potencial e serem um exemplo para os colegas. 



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.