Business

Kiev pode cair esta noite. Metais sobem. Juros aliviam – Mundo



Putin derruba bitcoin. Moeda cai abaixo dos 35 mil dólares. Ucranianos em corrida às stablecoins

Depois de as forças russas terem pisado solo ucraniano, o povo do país acorreu aos bancos para levantar o seu dinheiro e às plataformas cripto para guardarem os valores em ativos estáveis e depois converter criptoativos em dinheiro físico.

Nas exchanges cripto as filas, ainda que virtuais, também se fizeram sentir, aumentando as comissões de câmbio.

Em declarações ao portal CoinDesk, Michael Chobanian, o fundador da exchange cripto ucraniana Kuna, afirmou que agora havia uma “oferta limitada de tether (USDT)” — uma stablecoin correlacionada com o dólar — e que o fluxo de operações “elevou a taxa de câmbio para um valor considerável”.

Questionado sobre se havia pânico financeiro na Ucrânia neste momento, o empresário foi claro: “sim, vive-se um pânico financeiro generalizado”. “As pessoas querem a todo o custo converter as suas cripto em dinheiro, apostar em stablecoins, para depois saírem do país”, acrescentou.

Por sua vez, nas últimas 24 horas, a bitcoin reagiu em baixa à invasão russa, estando a desvalorizar 9,69% para os 35.163,2 dólares, tendo chegado a cair abaixo da linha dos 35 mil dólares (34.996,4 dólares) durante a madrugada. Desde que começaram as tensões geopolíticas, a criptomoeda mais cotada do mercado já caiu quase 20%.

A queda da “criptoqueen” contagiou as restantes altcoins, estando a Ethereum, a segunda criptomoeda do mercado, a desvalorizar 12,22% nas últimas 24 horas para 2.358 dólares.

Já a Theter, uma stablecoin e por isso um criptoativo imune à volatilidade mesmo em tempos de incerteza, é das poucas criptos que se mantém no verde, ainda que com ganhos ligeiros, na linha de água, (0,01%), para 1,0001 dólares.

Ao todo, nas últimas horas, o mercado dos criptoativos perdeu cerca dois mil milhões de dólares, para uma avaliações total de 1,5 biliões de dólares.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.